MEU SALVADOR, ME AMA TEXTO CHAVE: Gl 2.20b

Que palavras lindas e consoladoras essas que o Apóstolo Paulo registra a respeito do seu e, é claro, o nosso Salvador. Paulo ressalta o tremendo amor de Jesus por nós, que O levou a dar a sua vida em favor de nós. Simplesmente maravilhoso! Com certeza, era tudo o que Paulo precisava saber e é tudo o que nós precisamos saber. É tudo o que humanidade precisa saber! O amor de Deus foi tão extraordinário que não hesitou em entregar o seu próprio Filho em favor de nossos pecados. Sabendo isso, sabemos tudo o que precisamos saber!

1. Em Cristo encontramos um verdadeiro amigo
Na pessoa de Jesus nós encontramos tudo o que precisamos para qualquer situação e circunstância da nossa vida. Seu amor é certeza de que estenderá sua mão na nossa direção para nos abençoar. Nele sempre encontraremos o que precisamos para o tempo presente como para a eternidade. O mundo nos odeia? – Cristo nos ama! O caminho é difícil? – Cristo nos ama! O ambiente que vivemos é hostil e indiferente? – Cristo nos ama! A carga é pesada? – Cristo nos ama! Em todos os momentos, em todas as circunstâncias que vivemos no nosso dia a dia precisamos ter muito claro diante de nós que o Senhor que servimos é vivo e nos ama verdadeiramente. E se Deus é por nós, quem será contra nós? (Rm 8.31-32).

2. Em Cristo encontramos tudo o que a nossa alma necessita
Mesmo que o nosso passado tenha sido negro e a história da nossa vida totalmente desregrada, mesmo que nossa consciência nos inquiete e nos deixe sem sossego, não devemos e não precisamos temer porque Cisto nos amou e se deu a si mesmo por nós. Isaias descreve isso de uma forma muito clara no seu livro (Is 1.18). Veja como Jesus tratou a mulher apanhada em adultério (Jo 8.11). Cristo levou sobre si os pecados de cada um de nós na cruz do Gólgota, trazendo perdão e completa purificação (Mq 7.19). Ele simplesmente sofreu o castigo que os nossos pecados mereciam. Ele padeceu tudo o que devíamos sofrer. O amor do nosso Senhor é incomparável, incompreensivo até de tão tremendo e maravilhoso. Nada pode ser comparado a esse amor, que é eterno e simplesmente sem igual (Rm 8.7-11).

3. A certeza desse amor deve ser o combustível que move nossa vida cristã – 2 Co 5.14-15
Paulo diz que era o amor de Cristo que o movia! Quando pensamos nesse amor e o temos em nosso coração, somos vivificados e confortados sempre de novo. Quando situações difíceis surgirem, esse amor nos impulsionará a lançar sobre Jesus tudo o que quiser roubar nossa alegria e paz. Quando formos atacados por nosso adversário que veio para roubar, matar e destruir (Jo 10.10), precisamos exercitar nossa fé, usando-a como escudo contra o adversário (1 Pe 5.8; Ef 6.16) e, com certeza, ele fugirá de nós porque o amor de Cristo por nós é imutável e constante. Sua morte e ressurreição expuseram o diabo ao desprezo, ele não prevalecerá contra nós jamais (Cl 2.15). A certeza desse amor é preciosa demais, pois nos possibilitará andar confiantes pelo caminho que nos leva a nossa casa no céu. A salvação eterna nos é garantida porque “o filho de Deus me amou e se deu a si mesmo por mim”.

Gancho Evangelístico: Infelizmente, até mesmo por causa do desamor que reina na nossa sociedade, temos dificuldade de entender, avaliar e desfrutar a grandiosidade desse amor de Cristo pelas nossas vidas. O Seu amor e o que esse amor O levou a fazer é plena, total e absoluta garantia de que todas as promessas de Deus na direção das nossas vidas se cumprirão totalmente. Por isso é importante que meditemos na amplitude desse amor para que discirnamos o que ele significa e o que é nosso por causa dele. O desejo do Senhor é que nossa vida seja uma vida de paz, alegria, de abundância! E, certamente pode ser, na medida em que entendermos que Cristo nos ama verdadeiramente! Não duvide disso jamais porque a obra da cruz é a prova insofismável e contundente dessa verdade! Cristo te ama!!!
Ap. Claudemar Rheinheimer – 06/07/2017.