MELHOR SEGURO DE VIDA TEXTO CHAVE: Sl 91.11-12

É bastante comum ver uma criança de dois ou três anos soltar-se das mãos dos pais e correr para longe, expondo-se a algum tipo de perigo, mas ser rapidamente tomado nos braços por um irmão mais velho, incumbido pelo pai para essa função. É uma comparação que podemos fazer para entendermos a função dos anjos para com os que são filhos de Deus pela fé em Jesus. Nosso Deus é maravilhoso e pensou em cada detalhe da sua relação conosco e das nossas necessidades. Por isso é maravilhoso entregar a vida a Jesus, ter a Deus como Pai e poder contar com o cuidado e a proteção desse Senhor em todas as circunstancias da nossa vida. Entendamos um pouco melhor quem são os anjos e quais são as suas atribuições.

1. Quem são os anjos
São criaturas de Deus, criadas durante os dias da criação do mundo. A Bíblia nos fala que, aproximadamente um terço deles se rebelou contra Deus seguindo a Satanás (Ap.12.4,7-9). Entre suas funções está a de cuidar dos filhos de Deus (Sl 34.7). No nosso texto base hoje o salmista afirma que os anjos ouvem as ordens do Senhor a nosso respeito para que nos guarde em todos os nossos caminhos. Isso é precioso! Além disso há anjos cuja função é estarem diante do trono de Deus adorando e glorificando seu santo nome (Ap. 5.11-12). Quando Jacó estava de viagem para terra de Harã até a casa de seu tio Labão, teve uma experiência linda com os anjos em Betel, que subiam e desciam numa escada que ia do céu até a terra (Gn 28.12,16,17).

2. São ministros de Deus a nosso serviço – Hb 1.14
Na introdução comentei do irmão mais velho destacado para pegar a criança que escapa da mão do pai. Podemos afirmar que a casa de nosso Pai celestial está cheia de “irmãos mais velhos”, que são os anjos, prontos para seguir as ordens do Senhor. São espíritos que servem a Deus e que Ele destaca para proteger aqueles que vão herdar a salvação. A ordem do Senhor para eles é que nos guardem em todos os nossos caminhos. Por onde quer que andemos haverá anjos ao nosso redor destacado pelo Pai para nos proteger e guardar. Não os vemos porque são espíritos, mas agem, tem força, tem poder e cumprem fielmente todas as orientações dadas a eles por Deus. Pela história registrada em Atos 12.12-15 dá para concluir que todo o que crê em Cristo Jesus tem, no mínimo, um anjo destacado para guardá-lo. Foi o anjo de Pedro que o tirou da prisão miraculosamente (At 12.7-9).

3. Suas funções são múltiplas
Examinando a Bíblia veremos anjos sendo destacados para as mais variadas obras em todo o transcurso da história. Por exemplo, antes da destruição de Sodoma foram os anjos destacados por Deus que tiraram Ló e sua família da cidade (Gn 19.15-17). Num momento de crise do profeta Elias, Deus usou um anjo para lhe trazer uma mensagem da parte do Senhor e insistiu até que compreendeu o propósito do Senhor para sua vida (1 Rs 19.4-8). No livro de Daniel temos um relato da interferência de um anjo de Deus quando o profeta, injustamente, foi lançado na cova dos leões (Dn 6.19-22). Por ocasião da anunciação a Maria que ela seria a mãe do Messias, foi um anjo que recebeu esta sublime tarefa (Lc 1.26-31). Você pode imaginar a honra dada a este anjo anunciar o nascimento de Cristo através daquela humilde jovem? Por ocasião dos fins dos tempos, muitos são os anjos que receberão tarefas nobres e importantíssimas em preparação da volta de Cristo. Há categorias variadas de anjos com poderes distintos. A Bíblia fala de serafins, querubins, anjos em geral. Cita alguns anjos pelo nome como Miguel, capitão das batalhas espirituais nas regiões celestes (Dn 10.13; Ap. 12.7-8), e Gabriel, o anjo mensageiro (Dn 8.15-17; Lc 1.19). Como é confortador saber que, quando estamos em sérios perigos, rodeados de risco por todos os lados, podemos sair ilesos e vitoriosos por causa da assistência e proteção dos anjos de Deus. Com certeza, é mais um dos privilégios daqueles que creem em Cristo Jesus!

Gancho Evangelístico: Tudo o que o nosso Deus faz ele faz muito bem! Sua preocupação e cuidado conosco são tão grandes que Ele ordenou que “nossos irmãos mais velhos”, os anjos sejam nossos guardas e nos protejam em todos os nossos caminhos e circunstancias e nos livrem de todo mal. Podemos ter certeza que, enquanto confiarmos no Senhor, invocarmos sua ajuda e auxilio, recorrermos a Ele em nossas necessidades e lutas, Ele sempre de novo dará ordens aos seus anjos a nosso respeito e eles se moverão em obediências aos comandos do Eterno e nos guardarão em todos os nossos caminhos! Consolide!!!
Ap. Claudemar Rheinheimer – 03/08/2017.