ESTEJA ATENTO TEXTO CHAVE: Mt 4.1-11

Estamos começando um novo ano e temos expectativas, planos e sonhos que queremos ver realizados. As promessas de Deus são reais e o Seu desejo é que tenhamos experiências novas, que cresçamos na nossa comunhão com Ele, que sejamos cada vez mais bem-sucedidos naquilo que fizermos, que nossa vida seja abundante. Mas quando o Senhor fala do seu desejo de que desfrutemos de uma vida abundante, Êle já nos alerta da oposição que enfrentaríamos, do preço a ser pago para desfrutar dessa qualidade de vida prometida por Ele (Jo 10.10). O nosso texto base nos fala da ousadia do diabo, que chegou ao ponto de tentar o próprio Messias. Se tentou Jesus, certamente tentará a nós, procurando impedir que experimentemos aquilo que o Senhor tem para nossa vida neste novo ano. Por isso, é importante entendermos que precisamos estar atentos as sutilezas desse adversário, precisamos estar em comunhão e intimidade com Jesus, precisamos conhecer e usar as armas de vitória disponibilizadas a nós. Vejamos algumas lições práticas do texto:

1. Na nossa vida cristã passaremos por tentações – v. 3
Além de ter trazido o pecado ao mundo, o diabo é denominado na Bíblia de assassino, ladrão, mentiroso, leão que ruge. É o grande inimigo das nossas almas e seu objetivo é levar as pessoas ao inferno. Por isso, é importante que entendamos que, se ele teve a ousadia de tentar o próprio Filho de Deus, também investirá contra nossa vida espiritual com suas armas malignas. Nunca podemos esquecer esta verdade! Satanás sugere maus pensamentos, gera dúvida quanto a nossa fé, planta em nós ideias pecaminosas e erradas de todo tipo. No entanto, é sempre importante que lembremos que tentação não é pecado! A Bíblia nos desafia a resistir a toda tentação para não incorrermos em qualquer erro que nos torne culpados perante Deus (1 Pe 5.8,9; Tg 1.13-15). A tentação é uma realidade, mas a possibilidade absoluta de vitória também é real!

2. Use as armas certas – vs. 4,7,10
Nosso texto nos relata que Cristo foi tentado três vezes. Isso nos aponta a insistência do nosso adversário no seu objetivo de fazer cair aqueles que creem no Senhor Jesus. Como o Senhor enfrentou e venceu as tentações? Simplesmente se fundamentando na Palavra de Deus! “Está escrito” foi a arma de defesa do Mestre. Só isso já deveria ser o suficiente para entendermos a necessidade e a importância de termos, estudarmos e meditarmos nas Escrituras. A Bíblia chama a Palavra de Deus de “espada do Espírito” (Ef 6.17). É necessário entender que jamais seremos vencedores se não empregarmos a arma correta, a Palavra, como nossa arma de defesa mais importante. A Bíblia também é chamada de “lâmpada que ilumina os pés”, portanto, nos apontando o caminho correto (Sl 119.105). Precisamos ser iluminados por ela para que jamais nos afastemos da nossa rota ao céu! O salmista nos apresenta com muito clareza o caminho da vitória (Sl 119,11). O desafio a cada um de nós neste novo ano é nos familiarizarmos sempre mais com a Palavra e nos esforçar para vive-la comprometidamente com o auxílio do Espírito Santo.

3. Nossa vitória está no Senhor – v.10
A experiência vitoriosa de Jesus quando tentado pelo diabo se torna referência para a vitória de cada um de nós. O autor da carta aos Hebreus faz alusão aquela experiência do Messias, como uma garantia de que não só nos auxiliará, mas que está apto para nos dar plena vitória sobre todo tipo de tentação (Hb 2.18). Essa colocação é uma palavra cheia de consolo para cada um de nós. NO céu nós temos um Redentor que nos assiste, nos ajuda em nossas lutas espirituais. Jesus foi tentado e venceu e, consequentemente, está plenamente habilitado para nos conduzir em vitória também em meio a qualquer tentação. O diabo, com certeza, vai tentar nos oferecer coisas aparentemente boas, como fez com Jesus. O que jamais podemos esquecer é que o verdadeiramente dá prazer e satisfaz a nossa alma só o Senhor tem a nos oferecer. Creia nisso! Paz, alegria, vitória, abundância só encontraremos em Cristo. Por isso, resista e vença toda tentação usando sempre a Palavra de Deus!
Gancho Evangelístico – Nossa guerra contra o inimigo das almas continuará em 2018! Ele vai tentar sempre de novo nos afastar da nossa comunhão e relacionamento com o Messias. Mas o que nunca podemos esquecer é que temos um Amigo e Intercessor que sempre batalha por nós, o Senhor Jesus (Hb 7.25; 1 Co 10.13). O desejo do Senhor é que olhemos para o Seu exemplo e creiamos que podemos resistir e vencer toda sorte de tentação de mesma forma como Ele venceu. O segredo está nas armas usadas por Ele, as verdades e promessas da Palavra de Deus. Alimente-se dessa Palavra nesse novo ano para que você cresça no conhecimento e esteja apto não só a discernir, mas também vencer os ataques do adversário! Você não vai cair Andará na vitória que o Eterno proporciona!!! Consolide
Ap. Claudemar Rheinheimer – 05/01/2018.